EDP Vilar de Mouros 2018

dasdas

THE HOUSE OF LOVE


23/08/2019

The House Of Love

A banda liderada por Guy Chadwick foi uma das mais brilhantes que saiu na segunda metade dos anos 80, da excelente fornada que a editora Creation ofereceu ao mundo e que tanto marcou a paisagem indie de guitarras dos anos seguintes. O grupo de temas eternos como “Christine” ou “Shine On” apresentou-se no Coliseu dos Recreios em 1989, num concerto que ficou na memória de todos os que a ele assistiram, passando um par de anos mais tarde para um segundo concerto no nosso país, realizado em Aveiro.

 

As forças criativas de Chadwick e Terry Bickers desencontraram-se e o grupo separou-se em 1993 quando contava já com quatro álbuns no ativo, incluindo Babe Rainbow (1992) e Audience With the Mind (1993). Depois da separação, Chadwick ainda ensaiou timidamente uma carreira a solo, impulsionado por Robin Guthrie dos Cocteau Twins, mas acabou por mergulhar num período de depressão de que só se livrou quando se voltou a entender com Bickers e o grupo regressou ao ativo, em 2005, com a edição de Days Run Away, muito bem recebido pelo público e pela crítica em Inglaterra. A reedição expandida do seu álbum de estreia – uma verdadeira obra de culto – em 2012 pela Cherry Red e o lançamento de novo trabalho em 2013, She Paints Words in Red, cimentou-lhes a existência neste milénio. O regresso a Portugal para esta apresentação em Vilar de Mouros é por isso mesmo causa para celebração. Os The House of Love continuam a brilhar.